segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Andando


Precisar de um motivo para escrever é algo que preciso rever... hihi.
Quem diria uma pessoa que já teve inúmeros diários e caderninhos agora precise pensar no que escrever.
Incrível como, de uma hora pra outra você deixa de escrever sobre paquerinhas, namoradinhos e começa a fazer contas ... despesas.
Bom , nem foi assim de uma hora pra outra. Levei acho, exatos 10 anos nessa fase de transição. Recordo ainda, da fase em que escrevi em diários com códigos para minha mãe não entender e minha irmã não decifrar.
Dormir em cima do diário como se fosse algo sagrado...em que você na verdade; estava com sono e acabou domindo sobre ele.
Depois disso vem a fase caderno de perguntas. Você já teve algum? Eu, tive vários. Aqueles que você pedia AQUELA amiga pra pedir AQUELE carinha que você era afim pra responder, e depois ficar sabendo de "cor e saltiado" todas as respostas dele. Uhhh quanta emoção!!! Em um ano tinha se quase dez cadernos rodando em uma sala de aula. Bons tempos!
Logo após..hummm..deixa -me lembrar... acredito que vieram a se fortificar os bilhetinhos nas aulas. Esses era preciso além de tudo muito agilidade para que os professores não percebessem que você estava de papo com as amigas. Tenho uma amiga, AQUELA amiga, que eramos como chicletes..na época dos bilhetes, nossos professores ajudavam sem ao menos perceber.... era um tal de emprestar livro. No mínimo eles pensavam que uma de nós duas nunca tinha o material de escola completo, mal sabiam que na verdade no tal livro ia um verdadeiro testamento contando sobre o cara bunitinho que olhou, o fulano que na tarde anterior ligou além, óbvio, do professor mala que passou exercício enquanto você tentava reunir todas as informaçãoes em um só papel rs*. Afinal, ele deveria ir junto com o livro, viajar para outra sala, através das mãos do "inocente" professor.
Pois bem, acredito que pensei de mais pra escrever tão poucas linhas.... cadê minha linha de criatividade? Acredito que foi embora junto com as últimas possibilidades de acreditar nas pessoas....

2 comentários:

Rodrigo Soares disse...

Nossa, que moça mais pessimista!
Agora escreve algo mais positivo, ok? =D

Cheers!

«*G@bi*» 웃☆웃 disse...

Caramba olha quem eu acho nos meu comentários rs*