segunda-feira, março 15, 2010

Sons que só eu ouvi

O vento passou por mim se avisar que traria você.
Passou por mim com um “barulhinho bom”.
De quem cantarola poesia aos meus ouvidos.

De mancinho veio à chuva no final da tarde de domingo.
O som da chuva refrescou meus pensamentos, sem querer me levar a voar mais longe.
Minha alma vagou com o cochilo e acordou com o cantarolar dos pássaros.

Peguei as asas emprestadas do passarinho.
Pra ver se voando baixo eu conseguiria chegar no seu cantinho.
Deitar ao seu lado, sentir o afago ..
Ver você sorrindo pra mim como quem dança uma música sem ritmo
Um olhar sem graça e sem sentido
Me fez pensar em sons... Em melodias e por que não música?
A música mais bela, aquela que os ouvidos do coração ouve
Mas só alma faz transcender.

Gabi

Um comentário:

Juliana Pires disse...

Os sons do coração são os mais belos, e exclusivos, pois somente nós conseguimos ouvi-los.

Beijos